sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Porque É Fim de Semana: Algares, Simantorta, Amieiros e Cabeçadas

Porque é fim de semana vamos prosseguir a viagem pelas  aldeias do concelho Góis.
Continuando na freguesia de Alvares, vamos conhecer três novas localidades.

Algares


Esta aldeia  situa-se no vale da Ribeira de Simantorta.
Na parte superior da povoação encontra-se a capela dedicada à Senhora da Conceição e São Paulo, construída na década 70, pela população e pela Comissão de Melhoramentos.




Simantorta



A povoação está situada do lado Sul da ribeira de Simantorta. Ali se podem encontrar algumas   casas de xisto datadas do século XVIII, como comprovam as  gravações nos lintéis.
Na aldeia existe uma capelinha  cuja padroeira é Nossa Senhora da Piedade. Em tempos,  tinha uma altar com pinturas do século XVIII que se perdeu. No entanto, possui ainda uma imagem do século XVII.
Um antigo lagar foi convertido numa casa de turismo rural.

Amieiros


Esta povoação fica situada numa encosta  virada para sul e protegida dos ventos frios. 
Antigamente, a maior parte dos seus habitantes dedicavam-se  à pastorícia e à agricultura, outros  trabalhavam nas minas da Roda Cimeira  e outros no fabrico e comércio de carvão.
Os Amieiros têm uma capelinha que partilham as Cabeçadas, dedicada a Nossa Senhora da Saúde e construída em 1934.


Cabeçadas

A aldeia de Cabeçadas situa-se  na estrada que vai de Góis para a Pampilhosa da Serra. Tal como foi referido atrás, esta localidade vive de braço dado com a vizinha aldeia  de Amieiros, tendo Capela e Comissão de Melhoramentos comuns. 
Perto de Cabeçadas existem   vários Petroglífos (Arte Rupestre)  bem visíveis  na Pedra Letreira, uma rocha com várias figuras gravadas, de que se desconhece o significado.







Obrigada pela sua presença. Volte sempre.





Sem comentários: