segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Festa de Sobral Magro

Regresso após um pequeno interregno para organizar os posts do blog que, este ano, tem sofrido com o vai-vém constante entre Fernão Ferro e a aldeia, que tem sido a minha vida nos últimos tempos.
Interrompi exatamente na altura em que preparava a festa da minha aldeia, da qual passo a mostrar algumas imagens.


 6ª feira 

A abrir os festejos, tivémos a presença dos Senhores Presidentes da Câmara Municipal de Arganil e da Junta de Freguesia de Pomares, bem como de representações de algumas Comissões de Melhoramentos de aldeias vizinhas.
 

À noite, realizou-se a Procissão de velas e, a terminar, o baile que foi abrilhantado pelo grupo Cristais da Noite.


Sábado
O segundo dia  foi dedicado às provas desportivas, à Assembleia Geral da Comissão de Melhoramentos e, à noite, ao baile abrilhantado pelo artista Cláudio Filipe.

Domingo

Logo de manhã chegava a Filarmónica de Pomares.
De seguida, procedeu-se à Missa em honra de S. Domingos, padroeiro de Sobral Magro e a finalizar a parte religiosa da festa, a sempre concorrida Procissão pelas ruas floridas da povoação.


De tarde, recordando os tempos de outrora, um grupo de tocadores da aldeia fez a tradicional  arruada, da "volta da cana".


Como de costume entraram a tocar em grande parte das habitações, onde foram recebidos com grande alegria e emoção.


Ao mesmo tempo, era  preparada a refeição do piquenique, que iria encerrar a festa de 2015.


Enquanto uns tratavam das batatas e do caldo verde os outros dedicavam-se a assar as sardinhas e as bifanas, mas em qualquer dos locais sempre reinou a alegria e diversão.


Por fim, realizou-se o piquenique. Este ano, devido ao tempo ameaçar chuva, fez-se na Casa de Convívio, onde a animação e convívio não foram menos divertidos e  igualmente salutares.

Para o ano, há mais, mas antes, ainda teremos mais convívios para que os sobralmagrenses e amigos se possam juntar para não  perderem a  ligação às suas "raízes".



Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

1 comentário:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Este Verão tem sido pródigo nestes acontecimentos.Um pouco por todas as nossas vilas e aldeias organizam-se as festas em honra dos Santos.
Momentos de bom e salutar convívio e de encontro de pessoas amigas.
As cores do nosso Portugal.