sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Porque é fim de semana: Aldeias da freguesia de Folques

Porque é fim de semana, vamos conhecer mais algumas aldeias da freguesia de Folques.

Bocado

  
Mancelavisa

Ponte Nova

Póvoa de Folques

Para além destas, fazem ainda parte da freguesia de Folques as aldeias de Valbona e do Salgueiro.




Fotos da Net
   
Obrigada pela sua visita. Volte sempre.




4 comentários:

Mariazita Azevedo disse...

Na impossibilidade de dirigir a cada amiga/o uma mensagem de Natal personalizada, escrevi umas palavras muito simples mas bem significativas do meu sentir:

“Neste Natal gostaria de trazer-te:
O verde da árvore – a cor da Esperança;
E, das bolas coloridas:
- O vermelho – a cor do meu Amor fraterno;
- O azul – a cor da suavidade dos Anjos;
- O dourado – a cor da prosperidade que te desejo;
- O roxo – a tristeza que sinto quando não te vejo;
- O branco – A Paz que quero para a tua vida.
No tanger dos sinos ouve a minha voz pedindo protecção para ti e toda a tua família.
Seja onde for que te encontres deixa-me ser um pouco do teu Natal.
Mas… acima de tudo, desejo que, na tua noite de Natal, o “Menino” não tenha que perguntar:
- Então e eu? - (V. minha postagem de 27/12/2009 – NATAL DE QUEM?)

Mil beijos natalícios
Mariazita
(Link para o meu blog principal)

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga hoje venho especialmente
para desejar que a Paz, Harmonia, Saúde e Amor estejam hoje e sempre presentes na sua vida. Um NATAL muito FELIZ .
Beijinhos
Maria

João Celorico disse...

Olá, Lourdes!

Nesta quadra festiva, deixo-lhe os meus votos sinceros de SANTO NATAL, na companhia dos seus familiares mais queridos!


A ESTRELINHA DO POBRE

Dezembro! Na noite, tão fria,
um pobre tremia, enregelado.
A fraca manta, que o cobria,
era apenas um céu estrelado!

Desse imenso céu estrelado
eis que uma estrelinha saiu
e o Mundo ficou iluminado
quando, em Belém, ela caiu.

E é essa estrela pequenina,
o sinal da nossa Esperança,
que toda esta Terra ilumina
quando nasce uma criança.

O Mundo inteiro percebeu,
ao ver esse tão divino sinal,
que o Menino, que nasceu,
era só Paz e Amor! O Natal!

O pobre, então, adormeceu,
sentindo do Menino o calor,
porque já, na Terra, nasceu
o Messias, nosso Salvador!

Com o abraço amigo,
João Celorico

Idanhense sonhadora disse...


Lourdes , deixo aqui os meus sinceros votos de um ANO NOVO com tudo o que mais desejar .
Beijinhos
Quina