terça-feira, 6 de março de 2012

Centro de Dia de Pomares

 Após uma temporada entre nós, no passado fim de semana   fomos levar os meus sogros à aldeia. Como já vem sendo costume, quando eles regressam ao seu ninho, passámos pelo Centro de Dia de Pomares.
  
Pomares
 
 
Pomares
 
 
Uma vez mais fomos recebidos com a habitual simpatia das suas funcionárias que, apesar de estarem na sua hora de almoço,  fizeram questão de ir ao carro cumprimentar a minha sogra, que por  dificuldades motoras não saiu.
É  aos seus cuidados que ficam agora entregues. São estas funcionárias que lhes vão entrar pela porta dentro todos os dias, levando as refeições, fazendo a limpeza e quebrando  a monotonia e solidão que a desertificação está a provocar nas aldeias da serra. É a sua presença diária que faz com que eles possam passar os seus dias no seu cantinho e os filhos, cá longe, possam estar descansados porque  eles terão sempre uma mão amiga junto deles, para os ajudar em caso de aflição.


Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

2 comentários:

Duh Franzen disse...

Não é fácil ir e deixa-los, mas é sempre necessário...É a lei da vida!
Bjos Lourdes.

Artes e escritas disse...

Um bom exemplo a ser copiado mundo afora. Um abraço, Yayá.