quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Cheias

Na adversidade conhecemos os recursos de que dispomos.
(Horácio
)

§§§§§------§§§§§


Estive duas semanas sem net e, durante elas passaram-se alguns acontecimentos que gostava de ter mencionado na deviada altura.
No entanto, nunca é tarde para falar de acontecimentos que me marcaram, uns pela positiva outros pela negativa.
Começo pelo que considero um dos mais negativos: as últimas cheias verificadas em Lisboa e arredores. Foram momentos difíceis e de grande desespero que viveram os habitantes de algumas localidades que perderam tudo o que durante muitos anos conseguiram arranjar à custa de muito trabalho e sacrifício. Mas pior ainda foram as mortes que aconteceram.
Enquanto acompanhava as notícias na televisão pensava no que vai acontecer a todas as famílias que foram "contempladas" com este presente envenenado.
Com elas solidarizo-me na sua dor e espero que os que perderam a vida de uma forma tão horrível, tenham no Além a compensação pela trágica morte que tiveram.
Paz às suas almas!
Lembro-me também das nossas aldeias, onde tanto se exige das Comissões de Melhoramentos, quando às portas da capital se deram acontecimentos como os que se passaram nos últimos dias.
E ao Governo pagam-se impostos e os governantes recebem ordenados chorudos!...

- Foto retirada da Net -

Sem comentários: