sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Por Que É Fim de Semana: Póvoa de Góis e Luzenda

Porque é fim de Semana vamos conhecer mais algumas aldeias do concelho Góis.
Continuamos o périplo pela freguesia de Góis e vamos até à Póvoa de Góis e  Luzenda.
Póvoa de Góis: 

A estrada para a Póvoa de Góis sobe para um pequeno monte, antes de começar a descer para a aldeia pitoresca.
A pequena capela, dedicada ao São Sebastião, situa-se no centro da povoação, com a sua larga torre que incorpora relógios em duas faces: uma indicação que os habitantes se encontravam empregados e não deixados aos seus próprios horários. 
Existe uma história local que conta que uma aldeia vizinha cobiçava São Sebastião e tentava captura-lo (quando e como o Santo encarnou, não é claro!). No entanto este fugiu e escondeu-se numas silvas. Isto é o lugar onde a capela foi construída.


 Luzenda:

A Luzenda é em facto um conjunto de duas aldeias, Luzenda de Além e Luzenda de Santo António, que com o tempo ficaram simplesmente com o nome de Luzenda. Embora que a aldeia se situa 100 m acima do rio Ceira, os ricos terrenos em frente desta descem suavemente e foram divididos em estreitas faixas, que seguem até ao rio.
Estando virada para sul a Luzenda é um bom lugar para plantar vinhas e os habitantes aproveitam o sol abundante.
A estrada que agora atravessa a aldeia não é a única, há uma mais antiga que passa por cima do monte.

A Luzenda de Além situa-se na extremidade oeste da aldeia, onde se encontra um santuário dedicado à Nossa Senhora de Fátima. 

As casas originalmente construídas de redondas pedras glaciares, algumas agora pintadas e rebocadas, juntam-se à volta das ruas estreitas e dão-nos uma indicação da idade da aldeia. Casas modernas unem agora as duas aldeias. 


No leste situa-se a Luzenda de Santo António com a sua capela numa pequena praça no centro e a área de festas sombreada por velhas oliveiras envolventes.
 
 

 Texto  de  http://www.goisproperty.com

Obrigada pela sua presença. Volte sempre.

Sem comentários: