terça-feira, 8 de julho de 2014

LARGO DO RATO

Do alto do edifício da Mãe de Água a vista é magnífica. Entre outros, podemos avistar vários locais de interesse histórico. Alguns deles localizam-se no Largo do Rato, uma das artérias mais movimentadas da capital pois é o ponto de encontro de várias ruas.

Largo do Rato photo VistadaMatildeeAacutegua2-1.jpg

Este largo nem sempre teve a denominação atual. Inicialmente,ficou conhecido por Rua Direita do Rato, devido à alcunha de Luís Gomes de Sá e Menezes,    patrono do Convento das Trinas de Campolide. Mais tarde, passou a ser conhecido  apenas por Rua do Rato.Com a implantação da República recebeu a denominação de Praça do Brasil e só em 1948 se passou a chamar Largo do Rato.

 photo DSC02152.jpg

Após a entrada em funcionamento do aqueduto das Águas Livres e da construção do reservatório da Mãe de Água, construíram-se vários chafarizes espalhados por Lisboa. Um deles encontra-se precisamente no Largo do Rato entre as ruas do Salitre e da Escola Politécnica, encostado ao jardim do antigo palácio dos Duques de Palmela.

 photo Rato.jpg
É uma  construção monumental da autoria  de Carlos Mardel, inaugurada em 1744 que, na época, teve uma importância fundamental no abastecimento de água da população daquela zona lisboeta.






Obrigada pela sua visita. Volte sempre.





2 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Estou a seguir estas publicações pois eu gosto de Lisboa.
É uma cidade bonita e em todos os recantos encontramos coisas bonitas.

Manuel Tomaz disse...

Entre 1954 e 1979 trabalhei no Largo do Rato. Foi para mim muito agradável rever as imagens do seu blogue.
Os meus cumprimentos,
Manuel Tomaz