segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Convívio no Sobral Magro

O mês de Novembro inicia-se com uma data dedicada aos ente queridos já falecidos mas, na minha aldeia, termina também com um dia com a mesma intenção.
O dia de Finados comemora-se no dia 2 mas, a partir de certa altura, passaram  a visitar-se os cemitérios no dia 1, por ser dia santo de guarda. Era nesta data que os sobralmagrenses homenageavam os seus familiares já falecidos que se encontravam sepultados no cemitério de Pomares.  Após a construção do cemitério no Sobral Magro e com o sacerdote  a ter que se dividir pelas várias freguesias que tem a seu cargo, a cerimónia em honra dos fiéis defuntos passou a realizar-se no último Domingo de Novembro.  Aproveitando a presença maciça de sobralmagrenses que se deslocam à aldeia para participar nesta comovente cerimónia, a Direcção da  Comissão de Melhoramentos tem como tradição realizar  um almoço-convívio no Sábado anterior.
O novo  Presidente deseja manter  esta tradição e, nos próximos dias 26 e 27 terá à disposição de todos os que queiram participar o seguinte programa:




Obrigada pela sua visita. Volte sempre.


4 comentários:

Luis disse...

Minha Querida Amiga Mª de Lourdes,
É algo muito bonito lembrar os nossos familiares falecidos, mas que infelizmente está a cair em desuso dado o materialismo em que se vive!
Os valores morais foram-se... e nada ou pouco resta!
Beijinhos amigos e solidários.

Artes e escritas disse...

Esses almoços comunitários são muito bons para a convivência solidária. Desejo, ainda que tarde, boas orações. Um abraço, Yayá.

Mariazita disse...

Felizmente ainda há locais que vão mantendo as nossas tradições, que a maior parte das vezes estão muito esquecidas.
Esse almoço de confraternização é uma ideia óptima para ajudar ao convívio das pessoas.

Quanto à falta de tempo, minha amiga, toda a gente se queixa do mesmo... :)

Uma boa semana (que promete ser chuvosa). Beijinhos

João Celorico disse...

Olá, Lourdes!

Cemitério inaugurado, e a Direcção,
dita da Comissão de Melhoramentos,
criou na terra mais uma linda tradição,
juntar sobralmagrenses por momentos.

Momentos que não serão esquecidos,
pois para isso têm uma boa razão.
Lembrar, todos seus entes queridos
é ,nesse convívio, a melhor intenção.

E tão concorrida e ansiada romagem,
num gesto bem simples, na verdade,
àqueles que fizeram a última viagem,
traz-lhes um pouco da sua saudade!

Mas não julguem que fica por aqui,
esta tal demonstração de amizade.
É que, penso, por aquilo que eu li,
que todos bem comerão. À vontade!

É que, nestes tempos que correm,
que barriga só encolhe e não incha
e que pela fome muitos morrem,
tudo 10 euros? É uma pechincha!

Faz bem, tal Comissão, ao pedir
que uma sobremesa devem levar,
para que no momento de repartir
saibam quanto é bom, partilhar!