domingo, 20 de julho de 2008

E HOJE A FESTA É OUTRA



Grandes realizações são possíveis quando se dá atenção aos pequenos começos.
( Lao Tse )


§§§§§------§§§§§



Hoje vou escrever um pouco sobre a localidade onde resido: Fenão Ferro.




Esta povoação, sede de freguesia, do concelho do Seixal, é onde passo a maior parte do ano e que muito me faz lembrar a serra do Açor. Não por ser uma zona elevada, antes pelo contrário, pois é uma região plana, mas porque muitos naturais de aldeias da nossa serra radicaram-se aqui.
Raramente passa um dia em que não encontro alguém da nossa região. Há por aqui gente do Sobral Magro, do Sobral Gordo, Chão Sobral, Goulinho, Fórnea, Piódão, Chãs d'Égua, Arganil,...
Como dei a conhecer na apresentação deste blogue, tive oportunidade após a minha aposentação, de ocupar os meus tempos livres, com algumas actividades que me dão prazer e, que antes não tinha tido possibilidade de lhes dedicar o tempo que mais desejava.



E foi no Polo Cultural da Junta de Freguesia de Fernão Ferro que encontrei o local ideal para o poder fazer.
Freguesia dinâmica, liderada por Carlos Pereira também ele com raízes na serra do Açor (mais propriamente no Chãs d'Égua), põe à disposição dos seus habitantes vários cursos de ocupação de tempos livres, entre outros: bordados, tapeçarias, artes decorativas, pintura em tela, informática...
Estas actividades, desenvolvidas ao longo do ano, culminam numa exposição patente na festa/feira anual e, que é talvez o local mais apreciado por todos os visitantes.
Este evento teve ontem, dia 19, o seu início e prolongar-se-á até ao próximo dia 27 de Julho.
Durante estes dias, para além das cerimónias religiosas em honra da padroeira, Nª Sª da Boa Hora, todos os vistantes terão à sua disposição diversos espectáculos culturais e recreativos, tendas com feirantes, as habituais caravanas de comes e bebes e as representações das freguesias da Camacha (Madeira) e de Relva (S. Miguel-Açores).

E como diz o Presidente da Junta de freguesia:
Amigos , vamos à festa!







1 comentário:

Anónimo disse...

Os meus parabens pelo belissimo trabalho que tens feito por várias aldeias da serra do açor é com gente como tu que as nossas aldeias não morrem á que meter esse bichinho nos mais novos que embora lá não tenham nascido mas continuem gostar delas independentemente de umas serem mais atrativas que outras mas são nossas foi o nosso berço.
Antonio Assunção ( voz do goulinho)