sábado, 16 de julho de 2011

Férias na Aldeia

Hoje acordei com o chilrear dos passarinhos que habitam no limoeiro do meu quintal no Sobral Magro. Cheguei à janela e deparei com um dia que  amanhecia soalheiro. Uma leve brisa fazia movimentar as ramagens das árvores mas, o calor que já se sentia fazia prever um dia bastante quente.
De resto, mais nada para além duma grande calma e tranquilidade só interrompidas pelo tocar do sino que batia as horas. Ao longe o sino da capela do Sobral Gordo, ligeiramente atrasado,  mais parecia o eco que repetia os mesmos sons pelos montes e vales em redor.
Respirei fundo, enchi os pulmões de ar puro  e preparei-me para o primeiro dia de férias na aldeia (se é que uma mulher alguma vez tem férias).


Photobucket



 Obrigada pela sua visita. Volte sempre.



4 comentários:

Maria Filomena disse...

Lourdes,
gostei do teu relato....
Muito bucólico...
Imaginei-me ai contigo.....
Obrigada por compartilhar esse momento único...
abraços de Martia Filomena

Idanhense sonhadora disse...

Lourdes , paisagem maravilhosa ,daquela que me enche a alma !!Desfrute-a
e seja feliz

Beijinhos
~ Quina

Artes e escritas disse...

Boas férias. Um abraço, Yayá.

Flora Maria disse...

Deliciosa paisagem, fazendo sonhar com lugares antigos e romanticos...

Beijo