domingo, 14 de setembro de 2008

FÉRIAS 2008 - II

A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo.
Peter Drucker



§§§§§------§§§§§



Já cá estou de novo, depois de passar uns óptimos dias na serra do Açor.
Nestes dias descansei, passeei, e como escrevi num dos meus últimos postes, dediquei algum tempo aos trabalhos manuais, em confraternização com algumas senhoras de Sobral Magro, que dedicam os seus tempos livres ao artesanato, nomeadamente rendas, bordados, confecção de sacos reutilizando pacotes de café e outros.




- A Maria com a sua linda toalha e os sacos feitos pela Ana -




- Uma amostra da toalha que a Fátima está a fazer -




- Um bonito naperon realizado pela Ana Teresa -






- Um pormenor do meu trabalho -


E agora vou sonhar um pouco.
E, se um dia as povoações se juntassem numa grande mostra de artesanato, gastronomia etnografia e outros temas de relevância na nossa freguesia?
Estou certa que haveria uma grande adesão pois temos muito potencial escondido que se poderia dar a conhecer.
Talvez seja um sonho, mas uma Feira da Freguesia, é uma ideia que me tem passado muitas vezes pela cabeça .

3 comentários:

Hortense disse...

Olha lá porque cortaste a cabeça á Fátima? Quando lá fÔr já lhe digo!

O Açor disse...

Ela não quis mostrar a cara, só quis mostrar o trabalho.

rouxinol disse...

Olá Lourdes! Uma Feira da Nossa Freguesia, penso, tem pés para andar,falta apenas a vontade. Já falei a quem tem a obrigação moral de a organizar, mas penso que ainda falta mais um pouco até ser compreendido da importância de um evento desses. Tenhamos esperança!
Fica aqui o link onde avanço com a ideia! E ainda bem que não sou só eu a pensar assim!http://rouxinoldepomares.blogs.sapo.pt/106382.html