sexta-feira, 1 de junho de 2018

Porque é fim de semana: União das Freguesias de Cortiçô e Vila Chã

Porque é fim de semana, vamos conhecer mais uma freguesia do concelho de Fornos de Algodres. Desta vez partir à descoberta das povoações que formam a União das Freguesias de Cortiçô e Vila Chã.



Esta é uma povoação bastante antiga, facto comprovado pela  existência na freguesia, duma Anta da época neolítica. 
No entanto, a fixação humana deve ser da época romana, tendo como origem numa propriedade agrícola.
No entanto, a primeira referência escrita acerca desta aldeia surgiu em 1170, na Carta de Couto de Figueiró da Granja, onde aparecia com o topónimo "Cortissolo" 
Em 1258, nas inquirições de D. Afonso III, fazem-se alusões a  moinhos de "Cortizao".
Em 1525, no "cadastro da população do Reino,  mandado efectuar por D. João III, Cortiçô  era uma freguesia-curato  de "Sancta Maria de Algodres".
No século XVI chamava-se Cortyçoo e, actualmente, é também designada por Cortiçô de Algodres.
Em 1855, a povoação foi bastante afectada por uma peste de  colera morbus, que fez um elevado número de vítimas. Apesar de a Câmara de Fornos envidar todos os esforços para debelar a situação, não conseguiu evitar a morte  de várias pessoas.


O orago desta localidade é S.Pelágio.
A  igreja medieval é um templo modesto, com portal em arco. O campanário foi construído  em 1878, na altura em que a igreja foi reparada.
No seu interior destacam-se a talha barroca e o púlpito de granito, do século XVII.

De realçar ainda, nesta aldeia, uma casa oitocentista, que se pensa ter pertencido à família Magalhães, que é conhecida por Casa do Cabo.
Junto a esta casa, existe um Lagar de azeite recuperado, que funciona como espaço museológico.

Vila Chã



Esta bonita povoação deve ter tido a sua origem também  numa quinta agrícola do tempo dos romanos. 
No Cadastro da População do Reino de 1527,  já se faz referência a Vila Chã que era uma paróquia independente de invocação de: Nossa Senhora das Bovas Novoas.



O orago de Vila Chã é Nossa Senhora das Boas Novas e a sua igreja tem estilo românico com  campanário. 
Em 1758, a padroeira era  Nossa Senhora da Assunção e a festa anual desta localidade celebra-se no dia  15 de Agosto (Dia de Nossa Senhora da Assunção).


Há ainda a destacar em Vila Chã o  Solar dos Pedrosos 



Este Solar terá sido construído no local onde outrora existia uma “villa” agrícola romana. Nela viveu em 1687, José Inácio de Almeida Soveral, fidalgo da Casa Real e capitão das milícias de Linhares.


Fontes: Blogues de Algodres
Fotos da Internet





Obrigada pela sua presença. Volte sempre!




Sem comentários: