quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

São Pedro de Alva

A caminho da serra do Açor, depois de passar a cidade de Coimbra, atravessamos uma bonita região atravessada pelo rio Mondego e pelo seu afluente Alva.
Entre os dois localiza-se a vila de São Pedro de Alva.

Nas Inquirições de D.Dinis, a actual freguesia de São  Pedro de Alva era referida por S.Pedro de Farinha Podre e era proprietário destas terras Vasco Fariam e sua família.Sabe-se que pertenceram também à Comenda da Ordem de Cristo.
Foi  sede de concelho, extinta em 1853. A partir de então, foi anexada ao concelho de Tábua, mudando para o de Penacova em 1855.
Em 1889, o topónimo mudou para São Pedro de Alva e em  1991 a povoação foi elevada à categoria de vila sendo formada pelos bairros ou lugares de Paço Velho, Vale da Ribeira, Valeiro Grande, Casal Novo, Cabeço das Passadeiras, Vale do Gil e São Pedro de Alva.



O padroeiro da paróquia é São Pedro mas o padroeiro da vila é Santo António.
Do património desta localidade destacam-se:

- A Igreja Matriz
Durante o século XVIII, um pequeno templo datado do século XV, foi acrescentado dando origem à actual Igreja Paroquial de São pedro.
Da fachada principal dividida em três partes sobressaem  porta encimada por um frontão interrompido com óculo sobreposto.
No seu interior, o destaque vai para os azulejos do século XVII que revestem a capela-mor. Na Capela Baptismal existe um sacrário do século XVI, em calcário renascença.

- Capela de Santo António (Senhor do Outeiro)


- Padrão em memória dos mortos na Guerra da Restauração

- Estátua de António José de Almeida (natural duma aldeia da freguesia)


- Casas históricas no Paço Velho



Obrigada pela sua presença. Volte sempre!

Sem comentários: