terça-feira, 31 de março de 2015

Lisboa: Praça Luís de Camões

A praça Luís de Camões fica situada no local onde outrora existiu o palácio do Marquês de Marialva, destruído pelo terramoto de 1755. O seu proprietário ainda tentou a sua reconstrução mas os seus objetivos nunca foram concretizados.
A praça foi urbanizada em 1859, depois de removidas as ruínas do palácio.
Foto da Net
Atualmente, a praça tem ao centro a estátua de bronze de Luís de Camões, construída entre 1860 e 1867, da autoria de Vítor Bastos. 
Esta bela praça urbana, é uma homenagem ao maior poeta português.   A estátua, na qual estão representados para além do maior poeta português, outras grandes figuras da nossa cultura como Fernão Lopes, Pedro Nunes, João de Barros, Azurara, Sá Menezes entre outras,  foi inaugurada numa grande cerimónia em 1867. 





Sob a praça foi construído, há alguns anos,  um grande parque de estacionamento, pondo a descoberto algumas  ruínas de Casebres do Loreto (do século XIX) e de partes do Palácio do Marquês de Marialva ( do século XVII).Atualmente, podem  ser observadas no local algumas   fotografias bem como o espólio que ali foi  encontrado.

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.



segunda-feira, 30 de março de 2015

Lisboa: Largo do Chiado

O Largo do Chiado fica situado na frguesia da Misericórdia em Lisboa.
No extremo poente do largo ergueram-se as torres das antigas Portas de Santa Catarina, da Cerca Fernandina de Lisboa, construídas entre 1373 e 1375 e demolidas no início do século XVIII. No seu local existem, atualmente, as igrejas do Loreto e da Encarnação.


No extremo nascente, pode ver-se  a estátua do poeta António Ribeiro,mais conhecido como «Chiado», por frequentar aquela zona. Este poeta foi contemporâneo de Camões e as suas estátuas encontram-se a poucos metros uma da outra. 


Neste largo existiu em tempos, o Chafariz do Loreto, estando a estátua  que encimava o chafariz,  no centro da fonte do Largo de Dona Estefânia. 






Obrigada pela sua visita. Volte sempre.






sexta-feira, 27 de março de 2015

Porque É Fim de Semana: Freguesia de S. Gião

Porque é fim de semana vamos continuar no concelho de Oliveira do Hospital e partir à descoberta da  freguesia de S. Gião.
O topónimo São Gião deriva de São Julião,  seu padroeiro.Foi curato de apresentação do comentador de S.Tomé de Penalva, pertencendo à vila de Penalva de Alva. Até 1843 pertenceu  ao concelho de Sandomil, passando em seguida para  o concelho de Seia e só em 1898  foi integrado no concelho de Oliveira do Hospital.
Localizada em pleno vale do Alva, é natural que a aldeia beneficie da beleza paisagística da região envolvente. Possui esplêndidas praias fluviais, parque de campismo, hotel, restaurante  e  habitações de turismo rural.

Em São Gião é obrigatória a visita à Igreja Matriz ( 1795 ) , à Ponte de estilo românico e às Azenhas do Rio Alva entre outos locais de interesse.

Para além de S. Gião, pertencem também à freguesia as localidades de Alentejo, Covão, Chã, Mosteiro (parcialmente), Parceiro, Barroca do Parceiro e Rio de Mel, povoações que serão alvo das próximas postagens.





Obrigada pela sua visita. Volte sempre.





quinta-feira, 26 de março de 2015

Artesanato: Sacola Dupla Face

Hoje terminei uma sacola de patchwork, aproveitando pedaços de tecidos que tinha em casa.
O resultado foi este:

Um dos lados

O outro lado







Obrigada pela sua visita. Volte sempre.




quarta-feira, 25 de março de 2015

Imagens Que Falam Por Si: Lisboa

Vista Aérea de Lisboa










Obrigada pela sua visita. Volte sempre.



terça-feira, 24 de março de 2015

Linguagem ( Ilustrada) da Minha Aldeia VI

Continuando o tema relacionado com os termos usados na minha aldeia,em tempos passados, vamos conhecer mais algumas palavras ilustradas com o respetivo significado.
 Fisga - Fresta, frecha

Esgarranchada - arranhada

Gadanha - Concha para tirar a sopa da panela.

Imonados - Zangados

Ingives - Gengivas

Arrenegados - Zangados

Coixilhos - Planta silvestre

Lazeira - Preguiça



Obrigada pela sua visita. Volte sempre.











     











segunda-feira, 23 de março de 2015

Imagens Que Falam Por Si - Portas

Fajão





Obrigada pela sua visita. Volte sempre.





sexta-feira, 20 de março de 2015

Porque É Fim de semana: União das Freguesias de Penalva de Alva e São Sebastião da Feira

À beira de mais um fim de semana, vamos partir novamente para as margens do Alva, à descoberta de mais algumas localidades da União das Freguesias de Penalva de Alva e São Sebastião da Feira. 
Deixamos as povoações ribeirinhas, subimos a encosta e vamos encontrar  pequenas e bucólicas  aldeias, donde se pode desfrutar duma visão única sobre o vale do Alva.
Eis imagens de algumas:

Merujais


Carvalha (à esquerda) e Formarigo
Moita (à direita) e Formarigo



Fazem também parte da freguesia as Quintas do Mosteiro e de São Pedro.

Mais uma freguesia com aldeias na serra do Açor que percorremos e, donde vamos partir à descoberta de São Gião.





Obrigada pela sua visita. Volte sempre.





quinta-feira, 19 de março de 2015

Dia do Pai

O Pai

Terra de semente inculta e bravia,
terra onde não há esteiros ou caminhos,
sob o sol minha vida se alonga e estremece.

Pai, nada podem teus olhos doces,
como nada puderam as estrelas
que me abrasam os olhos e as faces.

Escureceu-me a vista o mal de amor
e na doce fonte do meu sonho
outra fonte tremida se reflecte.

Depois... Pergunta a Deus porque me deram
o que me deram e porque depois
conheci a solidão do céu e da terra.

Olha, minha juventude foi um puro
botão que ficou por rebentar e perde
a sua doçura de seiva e de sangue.

O sol que cai e cai eternamente
cansou-se de a beijar... E o outono.
Pai, nada podem teus olhos doces.

Escutarei de noite as tuas palavras:
... menino, meu menino...

E na noite imensa
com as feridas de ambos seguirei.

Pablo Neruda, in "Crepusculário"

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.





quarta-feira, 18 de março de 2015

Imagens Que Falam Por Si - Portas


Lisboa: Rua do Almada





Obrigada pela sua visita. Volte sempre.





terça-feira, 17 de março de 2015

Almoço de Aniversário da Comissão de Melhoramentos do Vale do Torno

Foi há 60 anos que, seguindo o exemplo de muitas outras aldeias da freguesia de Pomares, se fundou a Comissão de Melhoramentos do Vale do Torno.
A partir de então, ano após ano, as condições de vida dos habitantes da aldeia foram melhorando à medida que as infra estruturas básicas iam sendo criadas. Foram anos de muitas lutas, só vencidas pela coragem e abnegação dos valtornenses.

A data, 14 de março de 1952, tão significativa para os valtornenses, não podia ficar esquecida e a direção da Comissão organizou no passado domingo, um almoço comemorativo do seu aniversário, na Quinta dos Girassóis, em Fernão Ferro,  onde juntou  naturais da aldeia e amigos.

Após o almoço, o Sr. Carlos Lourenço, presidente da Assembleia Geral da coletividade usou da palavra para recordar de forma emotiva a fundação da Comissão de Melhoramentos e prestar uma homenagem sentida aos seus fundadores. 
A finalizar, cantaram-se os Parabéns à Comissão de Melhoramentos e degustou-se o excelente bolo de aniversário com que se encerraram os festejos.







Obrigada pela sua visita. Volte sempre.








segunda-feira, 16 de março de 2015

Festa Regionalista 2015 do R. F. Ribeira de Celavisa

O Rancho Folclórico da Ribeira de Celavisa vai realizar a   Festa Regionalista 2015, na Casa da Comarca de Arganil, no próximo dia 21 de março.
A Direção do Rancho  conta com a  presença de todos quantos estejam interessados em passar uma noite animada de convívio e diversão onde  folclore e  etnografia,  artistas conceituados do panorama musical nacional,  e ainda serviço de bar e produtos regionais estarão presentes .
O Programa é o seguinte:
- 21h00m: Baile abrilhantado por Gonçalo Barata
- 22h00m: Apresentações etno-folclóricas de Rancho Folclórico da Ribeira de Celavisa (Arganil) e Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Ponte de Lima (Alto Minho)
- 23h30m: Leilão de ofertas
- 00h30m: Animação com: MELÃO, SÉRGIO ROSSI, MICAELA E MARISA DUVALL.




Obrigada pela sua visita. Volte sempre.



sexta-feira, 13 de março de 2015

Porque É Fim de Semana: Caldas de S. Paulo e Santo António do Alva


Porque é fim de semana , continuamos na União das Freguesias de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira. Iniciamos a nossa visita de hoje nas Caldas de S. Paulo, uma localidade que em tempos  foi  uma zona termal.

Atualmente é conhecida a sua praia fluvial e parque de merendas na margem  numa zona aprazível muito arborizada onde existem diversos equipamentos  públicos, nomeadamente grelhadores  mesas,
Existe no rio uma roda de água  em madeira, de grandes dimensões, que se pensa ser secular e uma ponte do século XIX, a Ponte de Pedra, dignas de uma visita.
Continuamos a viagem e chegamos a Santo António do Alva, mais uma bos seus habitantes conseguiram mudá-lo para Santo António do Alva.

Esta aldeia sofreu bastante na altura das  invasões francesas, havendo documentos  que comprovam, algumas das mortes feitas pelos invasores.
Tal como as outras povoações situadas nas margens do rio Alva, também em Santo António do Alva existe uma excelente zona de lazer, com praia fluvial devidamente apetrechada, onde se pode desfrutar das suas águas límpidas e da beleza da região.
Rio Alva
Foto Panoramio


Obrigada pela sua visita. Volte sempre.





quinta-feira, 12 de março de 2015

Bolo delicia de leite condensado

Ingredientes:
1 pacote de natas
4 colheres de açúcar
½ pacote de bolacha maria
4 colheres de sopa de manteiga
3 a 4 bananas cortadas em rodelas
2 latas de leite condensado (o melhor é cozinhar as latas de leite condensado)


Modo de preparo:
Triture a bolacha no liquidificador, coloque numa travessa e acrescente a manteiga (se ela estiver um pouco mole, melhor) e misture até formar uma pasta. Forre uma forma de fundo removível com essa massa e leve ao forno pré aquecido por mais ou menos 10 minutos ou até dourar.
Retire do forno e deixe a massa arrefecer um pouco. Sobre a massa espalhe o leite condensado e por cima coloque as bananas cortadas. Depois bata as natas na batedeira até endurecer, acrescente o açúcar e espalhe sobre as bananas. Leve para gelar por pelo menos ½ hora.

Fonte:  http://www.1001receitasfaceis.net




Obrigada pela sua visita. Volte sempre.




quarta-feira, 11 de março de 2015

Recordando a Tragédia da Escola em Pomares

11 de Março é uma data presente na memória dos pomarenses, pelas piores razões. Foi há  98 anos que aconteceu uma tragédia na escola de Pomares, durante  a festa comemorativa do Dia da Arvore.
Faleceram 16 pessoas e algumas dezenas ficaram feridas devido ao desabamento do piso da escola.
O post de hoje é  a minha singela  homenagem às vítimas deste infeliz acontecimento, cuja memória se encontra perpetuada, em Pomares, num pequeno monumento.
Pomares photo Pomares4_zps9a4c0445.jpg



Obrigada pela sua visita. Volte sempre.